Como é possível que um homem de 40 anos, já condenado em Portugal a 25 anos de prisão por homicídio tenha cumprido parte da pena na cadeia e permanecido ainda 10 anos num centro de recuperação de toxicodependentes? E depois disto tudo ande já em Angola a matar a mãe e uma amiga?

Porque é que a Justiça Portuguesa teima em não fazer cumprir as penas a que os criminosos são condenados? Porque é que o crime em Portugal compensa?

Anúncios