Políticos da treta

Deixe um comentário

Macário Correia, presidente da Câmara de Faro e, até há bem pouco tempo, um fervoroso opositor das portagens na A22 (Via do Infante), veio hoje dizer que as portagens naquela via são inevitáveis e que compreende o ponto de vista do Governo. Bastou o Governo mudar para a sua cor, que a sua opinião mudou totalmente. Então mas ele não deveria, acima de tudo, velar pelos interesses dos habitantes do seu município?
É por estas situações que a política em Portugal é uma merda e isto não anda para a frente. As medidas não são tomadas, defendidas ou criticadas por serem boas ou más mas apenas por serem do partido A ou B. Enquanto isto for assim, não vamos a lado nenhum. Mas olhando para os resultados das últimas eleições, é isto que a maioria das pessoas quer…

Anúncios

Terrorismo jornalístico

Deixe um comentário

Só porque ontem foram detidas 3 pessoas no Algarve com POSSÍVEIS ligações ao IRA, já há um perito que diz que Portugal se está a tornar apetecível para os terroristas devido à sua localização. Ora, Portugal sempre esteve aqui… se a localização não é nova, porque é que só agora é que é apetecível. Depois, os terroristas, e apesar de serem terroristas, não atacam quem lhes apetece e só porque lhes apetece. Quer dizer, às vezes até é assim mas é sempre a lutar contra alguma coisa. E eu não vejo onde é que Portugal pode ter inimigos terroristas que queiram reivindicar alguma coisa. Mas isso sou eu a pensar…

Uma dúvida…

1 Comentário

O que é uma “distribuição justa dos sacrifícios“? É aquela onde os políticos fazem o que bem querem com o nosso dinheiro, incluindo metê-lo no próprio bolso através de subsídios e apoios e depois quem recebe um misero ordenado pelo suor do seu trabalho é que paga mais impostos?